domingo, julho 26, 2009

Jorge Palma na Maia - Reportagem


Rosa Branca
Dormia tão sossegada
Voo Nocturno
Escuridão (vai por mim)

Fado do Encontro
Quarteto da Corda
Bairro do Amor
Jeremias, o fora da lei
Estrela do Mar
Eternamente tu
Frágil
Deixa-me rir
Disse Fêmea
Imperdoável (a editar em novo disco)
Olá (cá estamos nós outra vez)
Encosta-te a mim
Portugal, Portugal
Finalmente Sós
A gente vai continuar
Like a Rolling Stone


O complexo de Ténis da Maia "arrotava magotes de gente" quando passados poucos minutos da meia-noite, Jorge Palma subiu ao palco.
Antecedido por Ekus (banda local) e por Rita Redshoes, que Palma lamentou apenas ter encontrado de passagem, não tendo conseguido ver o seu espectáculo.
Jorge Palma apresentou-se notoriamente cansado. Cansaço esse que foi sendo vencido no decorrer do espectáculo, que se pode descrever como um crescendo, requerendo um aquecimento de motores, e como tal, tendo alguns momentos mais fortes e outros menos. Destacam-se pela positiva: Bairro do Amor; Eternamente Tu; Portugal, Portugal; Like a Rolling Stone. Outro destaque vai para a "estreia mundial" de Lourou Zedo (Lourenço), companheiro de estrada de Jorge Palma. Foi no Jeremias que este se estreou na harmónica, acompanhando Jorge e Vicente Palma, regressando depois no último tema do concerto, para com toda a banda concluir com Like a Rolling Stone.
Houve ainda tempo para Palma nos brindar com um "cheirinho" do novo trabalho que se avizinha: " Imperdoável é o que não vivi, imperdoável é o que esqueci, imperdoável é desistir de lutar, imperdoável é não perdoar..."
Mais uma história, mais uma viagem, segue a estrada... segue o homem, o senhor, o boémio, o génio... são muitos os nomes que se lhe podem atribuir , têm todos o seu quê, a sua parte certa, cabem todos no cidadão do mundo: Jorge Manuel d'Abreu Palma.

Mais fotos deste concerto em Imagem Do Som




Reportagem por André Sebastião e Tiago Branco

6 comentários:

Rolandowsky disse...

Apesar do "Cansaço" e dos enganos foi um prazer, sem duvida.

Pedro Miguel Carvalho disse...

foi um grande concerto...era do staff mas consegui assitir e tive o prazer de ir ter com Jorge Palma ao back stage.

Parabéns. grand concerto

AR disse...

Grande Palma...e Grande Lourenço, o berdadeiro roadie-groupie-palmaníaco da estrada =)

Calhau disse...

Palma sempre a subir :)
Boas novidades ;)

M.C. - Setubal disse...

e do concerto de Setubal ? não reportagem ?
Eu estive la e vi J. Palma igual a ele proprio: UNICO,MAGICO, BOM

Anónimo disse...

Caros amigos palmaniacos, prometi que escrevia e cá estou. De facto o concerto de Maia foi muito especial, com a minha estreia, após um convite do Palma para tocar uma musica dele. Escolhi então o jeremias, adoro a rebeldia da letra...
E lá foi estava com tanta adrenalina que só adormeci eram 8h da manha...

um grande abraço a todos voçes pelos magnifico blog,

Lourou zedo