quarta-feira, abril 04, 2007

Pré-apresentação do Voo Nocturno

Encosta-te a mim
Encosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar
encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar.

Chegado da guerra, fiz tudo p´ra sobreviver
em nome da terra, no fundo p´ra te merecer
recebe-me bem, não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói, não quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.

Encosta-te a mim, desatinamos tantas vezes
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
recebe esta pomba que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada, seja como for.

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
em nome da estrada onde só quero ser feliz
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.


Jorge Palma, in Voo Nocturno
(edição prevista- Abril de 2007)
Tiago Branco

5 comentários:

Pedro Gonçalves disse...

O Jorge Palma é mesmo muito bom,um dos melhores, apesar de eu ter como músico preferido o Manel Cruz, admito que o Jorge Palma é grande, e é também uma das pessoas que leva os portugueses a ter orgulho da sua lingua.
Este blog é feito por fãs, não é?
Esta muito fixe.
Parabens

Maçã de Junho disse...

Volta sempre!

Linhas&Missangas disse...

Hoje ouvi esta música na Antena3 e pensei: "Parece Jorge Palma" :)
Já estou apaixonada!
E tb gostei do vosso site ;)

António Almeida disse...

"encostei-me" totalmente a esta música.
(por acaso, neste preciso momento, estou a ouvir Olá [Cá estamos nós outra vez]).

Anónimo disse...

é pah isto é assim...o gajo ate canta bem e tal. mas fogo ele e paneleiro.
Mas a tua prima nem se fala nisso ontem aboncanhou e colu-se e depois queria mais...e eu disse a chega pah dake bocado tens o buraco do cu maior que um ralo e ela e deixa tar dex que me enfies quero la saber e eu disse tabem mas se a enfio toda arrebento-te a vagina e ela - penetra em mim...
e foi ai que me fez lembrar o jorge palma...