segunda-feira, fevereiro 05, 2007

Duas (3) noites em Odivelas

Jorge Palma vai estar no Centro Cultural Malaposta, em Odivelas (perto do metro do Sr. Roubado) nas noites de 23 e 24 (25) deste mês por volta das 21:30. Os bilhetes podem ser comprados no próprio teatro, ou no Odivelas Parque. De resto, e segundo dizem os cartazes expostos nas ruas, não estão à venda nos locais habituais. Ainda não está nenhuma informação disponível no site da Malaposta: http://www.odivelcultur.com/ . Tendo em conta o tipo de sala, penso que será um concerto sem os "Demitidos", com o mestre a solo ou com o Vicente.
Bilhetes a 10 euros.

8 comentários:

Joana Amorim disse...

Este pequeno texto sobre o concerto de Jorge Palma no teatro Malaposta, foi escrito no dia 5. Já há mais novidades sobre o concerto? Nomeadamente os locais de venda de bilhetes?

Maçã de Junho disse...

Não temos novidades...provavelmente o melhor a fazer é ligar para o próprio Teatro da Malaposta. Quando tivermos informações ( se tivermos) colocamos on-line. Se souberes qq coisa diz também!

Anónimo disse...

Os bilhetes podem ser reservados. Liguem para o Teatro Malaposta 21 938 3100 e façam a reserva.

RCasimiro disse...

como seria de prever, a esta hora os bilhetes estão esgotados!!!

Há p aí alguem com um bilhete a mais? Sexta ou sabado, tanto faz!

MSN Contact: rutecasimiro@sapo.pt
Mail: rutecasimiro@gmail.com

hata/mãe disse...

Tb fiquei triste... eu e mais duas pessoas... em lista de espera...



se houver desistencias ficou lá um numero de telefone...


felicidades

Pombo disse...

Pessoal fã de Jorge Palma, foi um belo concerto, este, na Malaposta.
O Homem estava bem disposto, talvez um pouco tenso por ser o primeiro de 3, como ele dizia "já não sei se aguento 3 de seguida..." e ria-se!
As 150 pessoas da sala estavam com ele, de tal maneira que ele conseguiu pô-las todas a uivar..."auuuuuu".
Muito bom!

isabel disse...

Pois...o homem já não aguenta 3 de seguida...o último deu pena de ver!

Mesmo assim, gostei de "conhecer" o "encosta-te a mim"...

tiago bártolo disse...

"Vocês não gostam de mim, gostam do meu espírito" Foi assim que Jorge Palma respondeu a algumas pessoas que resolveram "mandar bocas" enquanto ele tentava (a custo) cantar umas canções. Na verdade não foi o seu melhor concerto. Eu próprio saí um pouco triste, mas nunca desiludido. Ou não se lembrava das letras ou, num rasgo de inspiração que deixava toda a gente calada. Conhecemos um lado do Palma que se calhar não conheciamos, ou não queriamos conhecer, mas que assemelha ao seu estado mais próximo, de quando escreve e compõe as musicas que nos fazem sonhar. Não deu pena. Deu para sentir a raiva e a dor que estão em tantas letras que escreve. Jorge, continuas a ser o maior! "Enquanto houver estrada para andar, a gente vai continuar..."