sábado, setembro 26, 2009

Jorge Palma no Seixal - Reportagem

Ao longe içavam-se as bandeiras, e soavam as vozes partidariamente entusiastas...
Contudo, o motivo da nossa visita ao Seixal não era outro se não o concerto em si.
A praça acolhedora (largo da Igreja), as gentes de todas as idades, os mais velhos sentados e os mais novos brincando em frente ao palco, e isto, enquanto um pouco por todo o lado desfilavam autarcas engravatados... Foi todo este público que após comício não arredou pé, expectante para ver Jorge Palma ao vivo.
23h, badalava onze vezes o sino da Igreja dando entrada a(o) Lobo Malvado. Palma esteve notoriamente bem, irrepreensível, tanto na voz como na guitarra e no piano, surpreendo com alguns rasgos de solo-guitarra mais originais tanto em "Lobo Malvado", como em "Maçã de Junho".
O tempo escasseava e Palma já tinha avisado que o "limite legal" para o STOP seria a meia-noite. As circunstancias ditavam que o alinhamento de 14 músicas sem encore tivesse de ser cumprido com especial dinamismo. O ritmo seguiu excelente, com perfeita coordenação ente músicos, onde quero destacar a cumplicidade crescente entre Palma e Gabriel Gomes, que cada vez mais e melhor se entendem, proporcionando momentos de grande qualidade e liberdade musical.
12 badaladas soavam e ainda faltavam 3! Jorge Palma perguntou se haveria alguma tolerância?
O público "legislou" gritando que "SIM", que era a noite toda!
"Encosta-te a Mim", "Portugal Portugal", "A Gente vai Continuar", foram tocadas quase sem interregno concluindo a actuação, numa noite de um Jorge Palma ao seu melhor nível, numa noite em que só ficou a faltar mais uma hora ou duas de concerto. O público despediu-se entoando repetidamente: "Enquanto houver estrada p'ra andar", debaixo de palmas, Jorge Palma abandonou o palco com o tradicional grito das tropas pára-quedistas Americanas : - "GERONIMÔ!"

Alinhamento Oficial


p.s - Jorge Palma agradece a todos os que votaram na última sondagem, sobre o novo disco que se avizinha, referindo que para ele a vossa opinião conta muito.

+ fotos em breve

Obrigado Lourenço

1 comentário:

Pedro disse...

Eu estive aí com vós, e concordo com tudo que foi descrito, foi pena ser só uma "horita"!

Att.
Pedro Moreira